Mostrando todos os artigos em Notícias
jun
4

Estalos, zumbido, dor de cabeça e na face são sinais de disfunção na ATM

Author Mateus Rodrigues    Category Geral, Notícias     Tags

 

Especialistas explicam problemas na articulação da mandíbula.
Disfunção pode causar também dor para abrir a boca, bocejar ou mastigar.

A articulação da mandíbula (ATM) é importante para várias ações, como mastigar, falar, engolir e bocejar, por exemplo. Porém, quando ela tem alguma disfunção, pode prejudicar muito a qualidade de vida e dar sintomas como estalos, dor nos músculos da face, dor de cabeça ao acordar, zumbido no ouvido e dor para abrir a boca, bocejar ou mastigar, como explicaram os cirurgiões bucomaxilofaciais Gabriel Pastore e Nicolas Homsi no Bem Estar.

Essa disfunção da ATM, chamada de DTM, pode ter relação com estresse, ansiedade e até mesmo depressão – como as possibilidades são inúmeras, o tratamento também varia e pode ser feito com relaxantes musculares, analgésicos, antiinflamatórios, fisioterapia, cirurgia ou uso de placas de mordida para proteger os dentes.

Essa placa de silicone também é usada para o tratamento do bruxismo, uma disfunção que faz o paciente ranger os dentes, geralmente à noite. Porém, no caso do comerciante Márcio Boso, foi um pouco difícil se adaptar ao uso dessa placa 

Por causa do bruxismo, ele ficou com os dentes desgastados e a orientação médica foi justamente a placa. Para convencê-lo a insistir nessa alternativa, a dentista Cibele dal Fabbro colocou uma microcâmera em sua boca para mostrar o estado dos dentes, como mostrou a reportagem do Phelipe Siani.

Bem Estar - Infográfico sobre bruxismo e ATM (Foto: Arte/G1)

De acordo com os cirurgiões, o uso da placa é importante para proteger os dentes dos rangidos noturnos. Ela deve ser feita sob encomenda por um dentista que vai ajustá-la corretamente nos dentes superiores e inferiores de cada paciente, impedindo que um entre em contato com o outro. Para auxiliar no tratamento do bruxismo, eles recomendam ainda que o paciente procure uma atividade que ajude a reduzir a tensão, como exercício físico, dança ou um livro, por exemplo.

Há ainda outros problemas que podem ocorrer na região da mandíbula, que podem colocar o queixo para frente ou para trás – o prognatismo ou retrognatismo. De acordo com os cirurgiões, isso acontece quando o crescimento da maxila e mandíbula acontece desordenado em relação ao desenvolvimento natural do corpo.

Ou seja, caso essas regiões da face não se desenvolvam de forma harmônica, a pessoa pode ter problemas na fala, mastigação, deglutição, higiene oral e também na aparência. 

Outros problemas como traumas ou defeitos congênitos também podem alterar o crescimento entre maxila e mandíbula, levando o paciente à necessidade de fazer uma cirurgia. Nesses casos, a operação é, de fato, a opção mais indicada e pode melhorar muito a qualidade de vida do paciente.

Fonte:  G1 – Bem Estar

maio
31

Higiene bucal do bebê

Author Mateus Rodrigues    Category Curiosidades, Geral, Notícias     Tags
Higiene bucal do bebê

Higiene bucal do bebê

Além das indiscutíveis propriedades físicas, nutricionais e psicológicas do leite materno, a amamentação é importante para a saúde bucal do bebê. Mamando no peito, o bebê respira pelo nariz e é obrigado a morder, avançar e retrair a mandíbula. Isso propicia o correto desenvolvimento muscular e esquelético da face, possibilitando a obtenção de uma boa oclusão dentária.

Os cuidados com a higiene bucal devem começar a partir do nascimento do bebê. No recém-nascido, a limpeza deve ser feita com uma gaze ou fralda umedecida em água limpa para remover os resíduos de leite. Com o nascimento dos primeiros dentes (por volta dos 6 meses), a fralda deve ser substituída por uma dedeira. Aos 18 meses, com o nascimento dos primeiros molares decíduos, a higiene deverá ser realizada com uma escova dental infantil sem creme dental ou com um creme dental sem flúor. O creme dental fluoretado só deverá ser utilizado a partir dos 2 ou 3 anos de idade, quando a criança souber cuspir completamente o seu excesso.

A cárie é uma doença transmissível. O Streptococcus mutans, bactéria causadora da cárie, pode ser transmitido da mãe para o filho pelo contato direto. Por isso, não se deve soprar a comida do bebê nem experimentá-la com o talher dele, pois é possível transmitir a ele essas bactérias.

A primeira visita ao dentista deve ser feita ainda na gestação. O ideal é que a mãe faça uma consulta para receber as orientações necessárias para manter a correta saúde bucal do seu filho. Independentemente da consulta da gestação ter sido realizada, a primeira consulta do bebê deve ser por volta dos 6 meses, coincidindo com o nascimento do primeiro dente decíduo. Preferencialmente, a consulta deve ser realizada com o odontopediatra, pois é ele o profissional habilitado a fazer esse primeiro atendimento.

A cárie de mamadeira é uma cárie de desenvolvimento rápido (aguda), que provoca dor e dificuldade de alimentação, determinando perda de peso e de estatura. É provocada pela ingestão de líquidos açucarados na mamadeira, principalmente durante a noite, sem que seja feita a higiene bucal posterior.

Quando for trocar a mamadeira pelo copo, e houver preocupação de o bebê não tomar mais leite a mãe deve ter alguns cuidados.Todo processo de remoção de hábitos deve ser lento e gradativo. Antes de remover a mamadeira, é necessário ter certeza de que seu filho sabe e gosta de tomar líquidos no copo. Para isso, primeiramente substitua apenas uma mamadeira pelo copo (geralmente, inicia-se pela mamadeira da tarde). Quando perceber que seu filho está tomando todos os 250 ml anteriormente oferecidos na madeira, no copo, substitua a mamadeira da manhã. No momento em que ele estiver ingerindo 500 ml de leite por dia no copo, a mamadeira da noite deverá ser substituída. Esse processo pode durar de 2 a 6 meses, dependendo da criança, por isso, o ideal é que ele seja iniciado um pouco antes dos 2 anos de idade. Para facilitar o processo, pode-se usar os copos com tampa, também chamados de copos de transição.

Para remover a chupeta, deve-se reduzir o seu uso a cada dia. Comece utilizando-a moderadamente, somente quando a criança estiver adormecendo. Quando a criança dormir, lentamente, remova a chupeta da boca e guarde-a. Nunca deixe a chupeta em correntes penduradas no pescoço ou ao alcance da criança. É a mãe que deve administrar as horas de uso, e não a criança. Assim, cada dia ela usará a chupeta um pouco menos até reduzir completamente o seu uso, o que deve ocorrer por volta dos 2 anos de idade.
(Fonte: http://guiadobebe.uol.com.br/)

maio
29

Assustados com a violência, dentistas de SP terão “aplicativo antipânico”, diz Conselho de Odontologia

Author Mateus Rodrigues    Category Geral, Notícias     Tags
Odontologia

Reprodução/Rede Record

A preocupação dos dentistas com a incidência de assaltos a consultórios e também com a crueldade dos criminosos fez com que o Crosp (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) desenvolvesse, em parceria com uma empresa, um aplicativo para celulares e tablets que possa ser usado em momentos de emergência. Segundo o presidente da entidade, Claudio Miyake, os profissionais estão assustados, principalmente, após o que aconteceu com a dentista Cinthya Moutinho, em abril, quase se repetir na segunda-feira (27). Outro profissional, Alexandre Peçanha Gaddy, teve 60% do corpo queimado durante um roubo ao consultório dele, em São José dos Campos. Ele permanece internado, em estado grave, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

No dia 25 de abril, Cinthya foi queimada viva durante um assalto dentro de seu consultório em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. A dentista disse que estava com pouco dinheiro, mas forneceu o cartão do banco e a senha aos bandidos. Porém, segunda a polícia, os quatro criminosos decidiram atear fogo na vítima após perceber que ela só tinha R$ 30 na conta.

Ao R7, Miyake falou sobre os assaltos a consultórios odontológicos e sobre iniciativas que o Conselho pretende tomar para colaborar com a segurança pública e minimizar os crimes contra dentistas, como a campanha “Vamos nos proteger”, que inclui a distribuição de cartilha com dicas de segurança e a criação de um aplicativo para celulares e tablets que vai permitir avisar uma rede de contatos em caso de emergência. Ele também destacou a necessidade de troca de informações entre as vítimas e a polícia, para mapear os roubos e identificar as características dos criminosos.

Fonte: Portal R7

abr
30

Cursos mês de Maio 1º Semestre

Author Mateus Rodrigues    Category Cursos, Geral, Notícias     Tags

Mais informações acesse: http://www.naeo.com.br

Intensivo em Filosofia Ricketts Odontologia Hospitalar

abr
26

Alimentos para ter dentes fortes

Author Mateus Rodrigues    Category Curiosidades, Dicas, Geral, Notícias     Tags

A comida tem muito a ver com a saúde dos dentes, se sua dieta for muito nutritiva e rica em vitaminas e principalmente cálcio, você vai notar uma melhora significativa em seus dentes, eles vão ficar muito mais brancos e fortes.

As melhores escolhas de alimentos para os nossos dentes são frango, queijo, nozes e leite, pois eles protegem o esmalte dos dentes e proporcionam muito cálcio e fósforo, que tornam os dentes mais fortes. Outros alimentos com um elevado teor de cálcio são as sementes de sésamo, legumes, verduras, brócolis, couve chinesa, tofu.

Naeo odontologia

Naeo odontologia

Outras ótimas opções são as frutas como, pêras e maçãs. Isso é porque eles têm um alto teor de água e fibras.

O aipo e a cebola, por exemplo, são poderosos antibacterianos. Além disso, alimentos com vitamina C, como kiwi e suco de laranja também são importantes, pois ajudam a manter o colagénio das gengivas e evitar infecções neles, e evite o consumo de café pois ele mancha muito os dentes.

As melhores opções de bebidas para ter dentes fortes são a água, leite, leite de soja e chá sem açucar. E se você não gosta de leite puro, misture com um pouco de cacau, isso vai ajudar a proteger as gengivas. Você também pode consumir iogurte sem açúcar, já que eles ainda têm grandes quantidades de cálcio, igualmente o leite.

Estes são alguns dos alimentos muito recomendados para que seus dentes fiquem sempre fortes. E tenha em mente que o consumo excessivo de açúcar, bebidas alcoólicas ou alimentos ácidos podem corroer os dentes por isso, evite-os.

E tenha em mente também que esses alimentos não são milagrosos, você deve consumí-los, mas deve também ter uma ótima higiene bucal e uma visita regular ao dentista.